Vitória da Apple deve afetar consumidor

Alguns analistas creem que derrota da Samsung vá encarecer aparelhos; outros acham que inovação vai aumentar.

Há quem acredite que Microsoft possa tirar proveito, já que seu sistema é bem diferente do iOS e do Android.

Entre as vítimas da guerra de patentes travada entre Apple e Samsung no tribunal americano, cujo veredicto saiu na sexta-feira, é possível que surjam no campo de batalha alguns consumidores atingidos, que poderão ter que pagar mais caro por produtos e ter menos opções no mercado, de acordo com especialistas.

Há também quem acredite no contrário: o consumidor sairá como maior vencedor, já que empresas de tecnologia vão passar a investir em inovação e aparelhos singulares no lugar de copiar sucessos de vendas.

Na sexta-feira, um júri popular de uma corte federal na Califórnia decidiu que a Samsung terá que pagar US$ 1 bilhão à Apple por ter violado seis das sete patentes em disputa referentes a design e funcionamento de smartphones e tablets.

Cinco destas foram intencionais, segundo o júri, o que pode fazer com que a juíza responsável pelo caso aumente em até três vezes o valor da indenização. Nos próximos dias, a Apple afirmou que pedirá bloqueio da venda nos EUA de aparelhos da Samsung citados no julgamento. A sul-coreana ainda pode entrar com recurso.

ALTERNATIVAS

“No longo prazo, acredito que fornecedores vão olhar para o que estão levando ao mercado e vão tentar se diferenciar ou pagar, se for opção”, disse Carolina Milanesi, analista da agência de pesquisas Gartner.

A busca por inovação e o cuidado redobrado para contornar patentes garantidas pela Apple podem fazer com que o mercado seja inundado de novidades num ritmo bem mais lento do que o atual.

O consumidor poderá ter menos opções nas prateleiras e talvez tenha que encarar preços mais altos em celulares e tablets, já que as fabricantes terão que pagar pelas licenças de patentes da Apple agora garantidas no tribunal.

Uma delas, por exemplo, na qual o usuário belisca a tela para dar zoom, é usada em inúmeros smartphones e tablets de várias fabricantes, que agora terão quer criar alternativas ou pagar por elas.

“Haverá uma grande taxa Apple. Celulares ficarão mais caros”, disse o analista Al Hilwa, da agência IDC, ao “Wall Street Journal”.

MICROSOFT NO PÁREO

Há quem acredite que a Microsoft possa tirar proveito desta batalha entre gigantes, uma vez que seu sistema operacional Windows Phone é bem diferente do iOS e do Android, ainda que esteja em apenas 3,5% dos smartphones do mundo, segundo dados da IDC.

“Está ouvindo este barulho? É o som dos fabricantes de Android ligando para a Microsoft agora mesmo”, escreveu em seu Twitter Paul O’Brian, fundador da MoDaCo, um fórum dedicado a smartphones.

Certamente não é o fim dos litígios, uma vez que a Apple tem processos contra a Samsung em diversos países e chegou a perder alguns.

O próximo passo é esperar para ver a firma californiana atacar diretamente ou não o Google, cujo sistema operacional Android alimenta quase 70% dos smartphones do mundo e causou a ira de Steve Job por ser similar demais ao seu iOS.

“Este processo em particular não vai mudar o mundo, nem a Samsung, nem o resto da indústria, mas poderá abrir a porta para mais vitórias impactantes da Apple”, disse Florian Mueller, do blog especializado Foss Patents.

fonte: FERNANDA EZABELLA – Folha de S. Paulo 

Publicações relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *