Prêmio em Feira de Ciências na China

premio_site_mostratec

A estudante brasileira Juliana Hoch conquistou a segunda colocação na 28ª edição China Adolescents Science & Technology Innovation Contest (CASTIC), encerrada nesta segunda-feira (05).

Concorrendo na categoria de projetos internacionais, o projeto de Juliana participou da feira através do credenciamento obtido na Mostratec do ano passado, quando recebeu o Prêmio Killing de Tecnologia.

A feira da China reuniu 360 projetos de jovens pesquisadores de 16 países, entre os quais, o Brasil, que, pela primeira vez, participou do evento. Além da estudante gaúcha, também compareceram à competição pesquisadores da Eslováquia, Dinamarca, França, Alemanha, Áustria, Tailândia, Coreia do Sul, Índia, Japão, Luxemburgo, Suécia, Lituânia, Hungria, Noruega e China.

Enquanto aluna da Fundação Liberato e orientada pela professora Maria Cristina Frank, Juliana desenvolveu o projeto “Facilitando a conservação da vida”. O trabalho apresenta uma alternativa para diminuir o custo dos líquidos que conservam os órgãos até o momento do transplante. Os líquidos conservantes apresentam um alto custo em função do seu princípio ativo (o ácido lactobiônico). Em função disso, a jovem pesquisadora buscou encontrar um método alternativo que diminui o custo dos conservantes. Assim, mais transplantes podem ser realizados, sem que seja necessário um aumento no investimento aplicado e, consequentemente, mais vidas podem ser salvas.

Na Mostratec 2011, a aluna recebeu o Prêmio Vilage Jovem Inventor, o qual destacou o melhor projeto para ganhar um registro de patente. A iniciativa foi por conta de uma parceria da Vilage Marcas e Patentes com o Instituto Liberato.

Parabéns!

Informações: Mostratec

Publicações relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *