Polícia fecha lojas na Galeria Pagé, em SP

Uma ação policial apreendeu produtos eletrônicos, CDs de software, roupas e acessórios falsificados na Galeria Pajé, tradicional ponto de compras populares no centro da cidade de São Paulo.

De acordo com a Polícia Militar, a ação que apreendeu produtos eletrônicos, CDs de software, roupas e acessórios falsos na Galeria Pajé aconteceu após seis meses de investigações e teve como alvo 18 lojas suspeitas de comercializar produtos importados sem recolhimento de impostos ou pirateados.

De acordo com a ABES (Associação Brasileira das Empresas de Softwares), a associação entrará com um processo na Justiça contra os proprietários da galeria e lojistas, suspeitos de crime de pirataria (desrespeito à propriedade intelectual). A associação buscará indenização para os fabricantes de software.

Fonte: Info.

Publicações relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *