Google registra patente de dispositivo vestível capaz de combater o câncer

Google registra patente de dispositivo vestível capaz de combater o câncer

Nem só de buscas e Android vive a Google. A empresa já demostrou que vem fazendo investimentos em vários setores, e parece que o da medicina é o próximo alvo da gigante da Mountain View. De acordo com nova patente registrada, a empresa estaria estudando um novo dispositivo vestível que vai acoplado ao seu pulso permitindo que o mesmo combata alguns tipos de câncer.

O tratamento, se assim podemos chamar, será feito através de partículas magnéticas que são “injetadas” em sua corrente sanguínea. Essas partículas têm a capacidade de atacar células cancerígenas ou outros patógenos presentes no sangue. Para que o mecanismo funcione, o paciente precisa ingerir partículas magnéticas – via oral ou através de injeções – que serão propagadas até chegarem às moléculas-alvo.

Com o uso de um dispositivo especial preso ao seu pulso, próximo a uma veia ou artéria, ele será capaz de enviar pulsos de frequência de rádio para excitar as partículas magnéticas fazendo com que as mesmas vibrem em alta intensidade destruído as células-alvo. Estando no pulso do usuário, a dispositivo poderá medir a pressão sanguínea do usuário, além do pulso e temperatura do corpo.

A patente não deixa claro como será desenvolvido tal dispositivo, mas o mesmo poderá ser um smartwatch convencional que ofereça esse benefício extra. Claro, o fato de a Google ter registrado a patente não informa que o produto realmente será lançado. A companhia deverá estudar as possibilidades atuais da tecnologia e ver se a mesma poderá ser aplicada à medicina como ela espera.

id119442

Fonte (texto e imagens): Tudo Celular

Publicações relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *