Google faz proposta de US$ 900 milhões por patentes da Nortel

Plano inclui a venda de 6 mil patentes relacionadas a telecomunicações.

Agora, leilão permitirá que outros compradores melhorem oferta do Google.

A gigante canadense de telecomunicações Nortel Networks chegou a um acordo para vender seu portfólio de patentes para o Google por US$ 900 milhões, dando início a um processo de leilões de bens.

A Nortel afirmou nesta segunda-feira (4) que o plano inclui a venda de cerca de 6 mil patentes e pedidos de patentes relativos a serviços de telecomunicações sem fio, à rede 4G, redes de dados, tecnologias ópticas e de voz, internet, prestação de serviços e semicondutores.

O interesse nas patentes tem sido grande, mas o prazo limite para o acordo foi postergado, já que os liquidatários e potenciais compradores da Nortel pediram reduções nos preços. A Nortel agora abrirá um processo de leilões para permitir que outros potenciais compradores melhorem a oferta do Google.

Ofertas agressivas

Competidores relativamente novos no mercado de telefonia celular, como Apple e Google, foram amplamente aconselhados a fazerem ofertas agressivas para ampliar seu estoque de patentes a fim de combater empresas mais antigas no setor, como a Nokia.

“Com o mercado de telefonia móvel ficando cada vez mais litigioso, não surpreende que o Google esteja interessado em bens que podem ajudá-lo a defender sua plataforma para aparelhos móveis, o Android, contra reivindicações de patentes de concorrentes”, afirmou Ben Wood, analista da CCS Insight.

Outras empresas que podem fazer ofertas incluem a chinesa ZTE, a Ericsson, que comprou a maior parte das operações de serviços de telefonia móvel da Nortel, e a RPX, que licencia patentes em nome de clientes membros em troca de uma taxa.

Fonte; G1

Publicações relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *