Facebook investe US$ 40 milhões em compra de patentes

Rede social adquiriu os registros da concorrente Friendster, em um movimento tanto de fortalecimento quanto de proteção contra processos.

O Facebook comprou um leque de patentes envolvendo serviços para redes sociais que cobrem as funções básicas de praticamente qualquer aplicativo – desde listas de amigos até feeds de notícias.

De acordo com o site Mashable, as patentes foram compradas de outra rede, a Friendster, que havia registrado um monte delas na última década. Citando o site VentureBeat, a notícia diz que, no total, foram 18 registros, em um negócio de 40 milhões de dólares. 

Tal como muitas patentes de tecnologia, as adquiridas pelo Facebook são genéricas. Uma delas, de 2006, fala sobre “qualquer sistema ou método e dispositivos para conectar usuários em um sistema online baseado em relacionamentos dentro de uma rede social” – ou seja, quase tudo. Outra é sobre a marcação de fotos (tagging).

De acordo com analistas, o objetivo do Facebook é, ao mesmo tempo em que reforça sua posição de domínio no mercado, proteger-se contra qualquer processo de concorrentes por violação de patentes – algo bastante comum no mercado americano. Além disso, em uma futura disputa, a própria empresa de Zuckenberg poderia acionar na justiça outras redes.

Fonte: Administradores.com

Publicações relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *