Apple, Samsung, Sony e outras são processadas por infringir patente de carga rápida

Apple, Samsung, Sony e outras são processadas por infringir patente de carga rápida

Mais um processo para a coleção da Apple. A empresa, que já responde por acusações violação de patentes no FaceTime e por plagiar um dispositivo de 1992, além de outros casos, agora foi citada por uma companhia do Texas, por infringir patentes relacionadas à complexa tecnologia da bateria utilizada no iPhone.

Desta vez, a Apple não está sozinha. Asus, Lenovo, Samsung, Sony e Toshiba também estão sendo processadas pelo mesmo motivo, também pela Somaltus, LLC. A patente em questão é a US Patent No 7,657,386, intitulada “Serviço de Sistema de Bateria Integrado”, e a empresa dona do documento quer compensação por danos financeiros ou, ao menos, participação de royalties nas vendas do iPhone 6S e qualquer outro dispositivo Apple que utilize bateria parecida.

De acordo com o site MacRumors, a Somaltus, que tem tudo para ser uma troll de patente, acusa a Apple e outras companhias de infringirem esta patente, que estaria ligada ao sistema de carregamento rápido, e ao ajuste entre este e o carregamento normal, que acontece quando a bateria do iPhone chega a 80% de carga, como explica o próprio documento do processo:

“O processador executa os códigos de controle para continuamente ajustar um nível de carga à bateria. O produto tem um sistema de carregamento de acordo com o qual o sistema opera no modo de carregamento rápido até que a bateria atinja 80% da capacidade, e então ajusta para o modo trickle-charge quando a capacidade excede 80%. Quando a capacidade cai abaixo de 80%, o ganho do sistema ajusta para a operação de carregamento rápido. O propósito do sistema é reduzir o nível do carregamento aplicado à bateria em alta capacidade para ampliar a vida da bateria. Assim, o sistema ajusta o nível de carregamento aplicado á bateria e o faz continuamente conforme a carga da bateria repetidamente excede e cai abaixo de 80%.”

A Somaltus parece não oferecer nenhum produto que utilize esse tipo de sistema, mas já conseguiu acordo extra-judiciais com algumas fabricantes de automóveis, como a Ford e a Nissan, por conta da mesma patente.

Fonte imagem e matéria: http://www.tudocelular.com/android/noticias/n74842/Apple-e-processada-junto-com-Samsung-Lenovo-e-outras-por-causa-de-patente-de-carga-rapida.html

Publicações relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *