Apple adquire patente para exibir 3D sem óculos especiais

Usuários poderão visualizar imagens tridimensionais, em qualquer ângulo de visão; Toshiba e Nintendo também preparam lançamentos.

A Apple adquiriu uma patente norte-americana para um sistema de exibição que permite a vários espectadores assistir a imagens 3D de alta qualidade em uma tela sem precisar utilizar óculos especiais, independentemente de onde estejam sentados.

Seguindo o sucesso de filmes 3D nos cinemas, as fabricantes de eletrônicos esperam que a tecnologia estimule os consumidores a comprar novas TVs e tocadores de Blu-ray. Mas o entretenimento está longe de ser o único campo em que o 3D pode melhorar a experiência de visualização: outros setores incluem diagnósticos médicos, simulação de voos, controle de tráfego aéreo, simulação de batalhas, previsão do tempo, publicidade e educação, de acordo com a mais nova patente da Apple, de número 7,843,449, concedida na última terca-feira, 30/11.

A maioria das telas 3D atuais exige que os espectadores utilizem óculos especiais, impedindo assim uma maior difusão da tecnologia, pois os usuários normalmente não gostam de utilizar equipamentos sobre os olhos, segundo a Apple. Além disso, a obrigatoriedade do óculos não é prática e é essencialmente impraticável para exibir um conteúdo 3D para um ou mais visitantes casuais ou para um grupo de colaboradores profissionais, por exemplo.

A patente da Apple descreve o uso de uma tela reflexiva especial com uma textura ondulada para criar um sistema de projeção autostereoscópico, o que significa que ele exibe imagens diferentes para cada olho sem a necessidade de óculos especiais. O sistema rastreia os olhos do espectador e calcula sua posição no espaço. Ele então projeta cada pixel das imagens esteroscópicas para um ponto preciso das ondulações da tela, refletindo-o em um dos olhos do usuário. Se a Apple conseguir fazer isso para um par de olhos, sugere a patente, poderá projetar múltiplas imagens em diferentes pontos das ondulações para mais de uma pessoa ao mesmo tempo.

A Apple não é a única companhia que trabalha para se livrar dos óculos 3D. Recentemente, a Toshiba demonstrou TVs que dispensam o uso do acessório, as quais começarão a ser vendidas em dezembro deste ano, de acordo com a fabricante. Além disso, o aguardado portátil 3DS, da Nintendo, permitirá que os gamers joguem seus títulos tridimensionais favoritos sem o incômodo de óculos especiais. O console começa a ser vendido em fevereiro no Japão e no mês seguinte na Europa, Austrália e Estados Unidos.

A Apple não anunciou quando e se pretende utilizar a patente em algum produto.

Publicações relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *