Nvidia acusa Samsung e Qualcomm de quebra de patentes e quer bloquearGalaxy

A Nvidia afirma que sete de suas patentes de GPU foram quebradas. Companhia quer barrar as vendas de alguns modelos de tablets e smartphones.

Fonte: PCWorld

Fonte: PCWorld

A Nvidia está processando a Samsung e Qualcomm, acusando-as de terem infringido sete de suas patentes associadas à sua GPU (Unidades de Processamento Gráfico), e quer tentar bloquear as vendas de alguns dos produtos da Samsung nos EUA.

O processo abre uma nova e inesperada frente na guerra de patentes de smartphones, que já levou a inúmeras brigas em tribunais. Num post em seu blog na quinta-feira, a Nvidia considera este um “dia importante” para a empresa e diz que é o seu primeiro processo judicial ligado a patentes em sua história. A empresa tem 21 anos de mercado e é inventora da GPU.

Embargo de vendas

A Nvidia entrou com processo na Comissão de Comércio Internacional (ITC) dos EUA e no tribunal distrital do estado americano de Delaware. Ela pediu à ITC que embargue entregas de tablets e smartphones Galaxy que utilizem as arquiteturas de processamento gráfico Adreno, da Qualcomm, Mali, da ARM, e Power VR, da Imagination. Ela também está cobrando indenização financeira através do tribunal do Delaware mas o valor não está especificado.

A Nvidia afirma que tentou negociar uma licença de suas patentes com a Samsung e que a Samsung “repetidamente disse que isso era um problema de seus fornecedores”. “Sem licenciar a tecnologia patenteada de GPU da Nvidia, a Samsung e a Qualcomm escolheram utilizar nossa propriedade intelectual sem nos compensar adequadamente”, diz o post no blog da companhia.

Inventora da GPU

A empresa alega que várias patentes foram quebradas, entre elas a que protege “nossa invenção fundamental, a GPU, que integra num único chip todas as funções necessárias para o processamento gráfico e o funcionamento das telas”.

Na reclamação protocolada na ITU, a Nvidia diz que os produtos da Samsung usam processadores que incorporam três arquiteturas de GPU – Adreno, da Qualcomm, Mali, da ARM, e Power VR, da Imagination. “Produtos usando um desses três tipos de GPUs infringem as patentes listadas”, diz a empresa. A ARM e a Imagination não foram nomeadas como rés nos processos.

A Samsung não quer comentar sobre os processos, disse a porta-voz Lauren Restuccia, e a Qualcomm não respondeu ainda aos pedidos de comentário.

Fonte (texto e imagem): PCWorld

Publicações relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *