Rede de brinquedos RiHappy compra a concorrente PBKids

Valor do negócio não foi divulgado. RiHappy é controlada pelo fundo Carlyle desde março.

A varejista de brinquedos Ri Happy, que faturou R$ 600 milhões em 2010 e é controlada pelo fundo de investimento Carlyle desde março, anunciou nesta segunda-feira (25) a compra da concorrente PBKids. O valor da operação não foi revelado.

O Carlyle havia comprado 85% da Ri Happy em março deste ano, por valor também não informado. O Carlyle controla, no Brasil, a CVC, operadora de turismo, a Qualicorp, corretora e administradora de planos de saúde, e a Scalina, fabricante e varejista de moda íntima.

Hector Núñez será o novo presidente da Ri Happy. Ele comandou o Walmart no Brasil e ocupou cargos de liderança na Coca-Cola, Del Valle e Hertz, no Brasil e no exterior.

A intenção do Carlyle, segundo comunicado, é “somar forças e experiências” das duas redes, PBKids e Ri Happy.

A Ri Happy possui cerca de 110 lojas em 18 estados. A PBKids tinha cerca de 50 lojas em 2010, quando faturou R$ 230 milhões. O setor de brinquedos, segundo o comunicado, movimenta vendas anuais de R$ 5 bilhões.

Além da Ri Happy, a PBKids e a Preçolândia estão entre as maiores vendedoras de brinquedos no Brasil, ao lado da Lojas Americanas e das redes de hipermercado como Extra e Carrefour.

Fonte: G1

Publicações relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *