Japonesa Kirin anuncia compra da Schincariol por R$ 3,95 bilhões

Grupo japonês comprou a Aleadri-Schinni Participações e Representações.
A holding Aleadri-Schinni tem 50,45% das ações da Schincariol.

O grupo japonês Kirin anunciou nesta segunda-feira (1º) a aquisição do controle da cervejaria brasileira Schincariol por R$ 3,95 bilhões.

A Kirin comprou a Aleadri-Schinni Participações e Representações, de Alexandre e Adriano Schincariol. A holding Aleadri-Schinni tem 50,45% das ações da Schincariol.

Na noite desta segunda-feira, ainda não havia nenhuma informação oficial no site da Schincariol. O G1 tentou entrar em contato com a cervejaria brasileira, mas não localizou nenhum representante para falar sobre o assunto. Os detalhes da transação, porém, estavam disponíveis no site da Kirin.

O comunicado oficial do grupo japonês destaca que a Schincariol é a segunda maior produtora de cervejas do Brasil, sendo conhecida pelas marcas Nova Schin, Devassa, Glacial, Baden Baden e Eisenbahn. O grupo também produz refrigerantes, sucos e água mineral, alcançando o terceiro lugar na produção de bebidas não-alcoólicas no país. A empresa tem uma rede com 13 fábricas em todo o Brasil.

A Kirin Holdings Company é uma empresa japonesa presidida pelo CEO Senji Miyake. Com sede em Tóquio, a companhia foi fundada em 1907 e teve uma arrecadação total de mais de R$ 40 bilhões em 2010, segundo o site oficial da empresa. A Kirin tem cerca de 32 mil empregados.

Conhecida por sua cerveja, a empresa japonesa produz diferentes tipos de bebidas alcoólicas e sem álcool. Além das cervejas, a empresa produz e distribui vinhos, uísque, chás, derivados de leite, sucos e água mineral.


Publicações relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *