Governo do Estado incentiva ampliação do registro de marcas e patentes

R

A concessão de título de propriedade sobre invenção ou modelo de utilidade, tradicionalmente conhecido com registro de marcas e patentes, vem sendo incentivada pelo Governo do Estado de Piauí. Através da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico e Tecnológico (Sedet), o contato com pesquisadores e micro empreendedores será intensificado durante a realização da Feira do Empreendedor do Piauí, que inicia nesta terça-feira (11).

Na oportunidade, a equipe da Sedet vai disponibilizar atendimento ao público em estandes sobre a política de concessão de patentes, bem como a oferta de crédito aos micro empreendedores que desejam abrir ou ampliar o seu negócio. Para a realização destas iniciativas, o Governo do Estado conta com a parceria entre o Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) e da Agência Estadual de Fomento – Piauí Fomento, que estará disponibilizando equipe para análise de crédito a ser concedido aos micro e pequenos empreendedores.

“Durante a gestão do governador Zé Filho conseguimos avançar bastante no estímulo aos micro e pequenos empresários, que hoje representam uma grande parcela dos investimentos no país. Uma dessas medidas foi a elevação do sublimite do Simples Estadual de R$1,8 milhão para R$2,52 milhões da receita bruta anual, para adesão das micro e pequenas empresas do Regime Simplificado do Simples Nacional, contribuindo para gerar maior competitividade e perspectivas de crescimento entre as empresas, além da geração de emprego e renda”, ressalta Patrícia Freitas, secretária de Desenvolvimento Econômico e Tecnológico.

A Feira do Empreendedor divulgará oportunidades de negócios em diversos segmentos como: Tecnologia da Informação, Artesanato, Agronegócios, Moda, Construção Civil, Panificação, entre outros setores. O evento é uma realização do Sebrae no Piauí, com patrocínio da Prefeitura Municipal de Teresina, Banco do Nordeste e Banco do Brasil; e apoio do Governo do Estado, da Federação das Indústrias do Estado do Piauí (Fiepi); Federação da Agricultura do Estado do Piauí (Faepi); Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Piauí (Fecomércio); e Caixa Econômica Federal.

Fonte: cidadeverde

Publicações relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *