Empresa americana processa China por ‘roubo’ de software

A Cybersitter, empresa americana de tecnologia, quer receber uma indenização de US$ 2,2 bilhões dos chinesses por apropriação ilegal de segredos comerciais, competição injusta, violação de direitos autorais e conspiração, por copiarem ilegalmente mais de 3 mil linhas do código do seu programa para criar o software Green dam Youth Escort, que bloqueia o acesso a vários sites. O governo da China ainda não comentou o caso. A empresa chinesa Jinhui, que criou o Green Dam, nega as acusações.

Fonte: G1

Publicações relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *