REGISTRO.BR irá fazer leilão de domínios concorridos

REGISTRO.BR irá fazer leilão de domínios concorridos

O Registro.br, órgão que executa o registro de domínios no Brasil, irá alterar seu processo de liberação de domínios a partir de setembro 2017, diminuindo os prazos do processo.

Atualmente os domínios que não são prorrogados, por não pagar anuidade, são congelados e depois excluídos do sistema de registro, mas não podem ser imediatamente registrados por outros interessados. O domínio entra no chamado “Processo de Liberação”, que consiste em liberar em lotes todos os domínios que não foram prorrogados para registro, durante um período pré-definido para que novos interessados registrem sua intenção de obter o domínio.

A alteração promovida pelo Registro.BR foi justamente no prazo deste processo, que irá ocorrer uma vez por mês, no início era uma vez a cada 6 meses, e no tempo em que o domínio fica disponível para interessados solicitarem o registro, que passa para 7 dias frente a 15 dias anteriormente.

É interessante saber que se um domínio possui mais de um interessado no registro, pelas regras do Registro.br, o domínio não é “entregue” a nenhum dos solicitantes e volta para a fila aguardando o próximo processo de liberação. Ainda pelas regras do Registro.Br se um domínio participa mais de 6 vezes do processo de liberação, ele automaticamente não entra mais nesta lista e não pode mais ser registrado no Brasil, estima-se que tenhamos hoje mais de 10 mil domínios nesta condição.

A grande novidade anunciada pelo Registro.br é justamente para estes domínios que não participam mais do processo de liberação. Inicialmente será liberado um lote de 500 domínios, que caso tenham mais de um interessado no registro, passarão para uma nova fase, chamada de “Competitiva” pelo órgão. Esta fase competitiva na verdade é um leilão entre os interessados, que poderão ofertar lances subindo o valor do registro indefinidamente. A única regra é que o valor mínimo do lance deverá seguir uma tabela pré-fixada que aumenta de acordo com a faixa do valor atual do domínio. Por exemplo, um domínio que atingiu seu valor no leilão acima de R$ 5.000,00 só aceitará lances mínimos a partir de R$ 200,00, quando passar o valor de R$ 10.000,00 os lances mínimos deverão ser de R$ 500,00, e assim por diante. A última faixa é para domínios que possam atingir valores de R$ 1 milhão de reais, com valores de lances mínimos de R$ 20.000,00. Como em qualquer leilão, o não cumprimento da oferta poderá acarretar punições como a não participação em novos processos de liberação, mas o órgão não deixa claro se caso ocorra o não cumprimento do pagamento pelo primeiro interessado, o segundo colocado no leilão terá o direito de registro pelo seu último lance ofertado.

Este processo de liberação não existe para domínios internacionais, principalmente os domínios .com .org e .net, mais procurados mundialmente. Para estes domínios, se a anuidade não for paga, o domínio possui um período de “recuperação” de 30 dias e após este período fica automaticamente livre para registro pelo primeiro interessado que fizer o pedido, ao preço de um registro comum. Assim, não existem domínios “bloqueados” para registro, como é o caso nacional.

Todas as informações, como as datas das próximas edições, listas de domínios participantes e as regras detalhadas estão em:  https://registro.br/dominio/proclib.html

Dúvidas? Consulte nossa equipe especializada: www.vilage.com.br

Publicações relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *