Produtores vão processar usuários que baixaram o filme ‘Guerra ao terror’

Ação em parceria com U.S. Copyright Group quer ‘combater pirataria’.

Os produtores de “Guerra ao terror” – vencedor de seis prêmios no Oscar 2010, incluindo melhor filme e melhor direção para Kathryn Bigelow – se preparam para mover uma grande ação contra usuários que baixaram o filme ilegalmente pela internet. A informação foi publicada pelo “The Hollywood Reporter” na terça-feira (11).

Segundo a reportagem, a Voltage Pictures, selo do vencedor do Oscar 2010, fechou acordo com o U.S. Copyright Group, grupo norte-americano de defesa dos direitos autorais – que, entre outras ações, iniciou em março uma campanha contra milhares de usuários do BitTorrent.

De acordo com o advogado Thomas Dunlap, a ação multimilionária deve ser apresentada ainda esta semana. Ele não informou o número exato de pessoas que deverão ser processadas, mas calcula que chegue a pelo menos dezenas de milhares.

A ação incluirá outros filmes da Voltage Pictures, segundo Dunlap, como a produção independente “Personal effects”, estrelada por Ashton Kutcher e Michelle Pfeiffer, lançada em DVD nesta quarta-feira (12).

“Guerra ao terror” vazou na web mais de cinco meses antes de seu lançamento oficial e continuou no topo da preferência nos sites de compartilhamento de arquivos depois de ter faturado seis estatuetas na cerimônia do Oscar, em março. Apesar do sucesso, no entanto, o filme arrecadou apenas US$ 16 milhões nos EUA.

Ainda de acordo com a reportagem, representantes do grupo norte-americano de defesa dos direitos autorais vão ao Festival de Cannes, na França, para negociar ações futuras com outros produtores interessados em “combater a pirataria”.

FONTE: G1

Publicações relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *