Cervejeiros artesanais dos EUA adotam o uísque

Uma das mais bem-sucedidas fabricantes de cerveja artesanal dos Estados Unidos, a Boston Beer Co., está se expandindo para um novo nicho: uísques artesanais.

Capitalizando o crescente interesse de consumidores por cervejas especiais, a fabricante da marca Samuel Adams assinou um contrato de dois anos para fornecer duas de suas cervejas a uma destilaria, a Berkshire Mountain Distillers Inc., que a transformará em uísque.

O plano destaca a crescente popularidade, nos EUA, de destilados artesanais, seguindo os passos da cerveja artesanal, que entrou em ascensão 25 anos atrás.

Milhares de litros da Samuel Adams Boston Lager e da Cinder Bock serão destilados em barris de carvalho e devem chegar ao mercado em 2015.

A Berkshire vai receber todos os lucros com a venda do uísque produzido sob esse contrato, e os produtos terão a marca Berkshire, embora o nome Samuel Adams vá estar no rótulo.

Todo uísque começa como cerveja, mas a cerveja usada para fazer uísque geralmente não é concebida para o consumo.

O fundador e presidente do conselho da Boston Beer, Jim Koch, disse que o movimento de destilados artesanais chega num momento em que os consumidores estão buscando produtos de nicho que não são feitos por empresas enormes. Os uísques provavelmente custarão mais, já que a destilação é um processo mais caro quando se usa cerveja artesanal. Preços de varejo ainda não foram definidos pela Berkshire, que já produz seis bebidas diferentes vendidas nos EUA.

O fundador da destilaria, Chris Weld, disse que, quando ele abriu a empresa em 2007, havia cerca de 30 pessoas trabalhando nesse nicho no país. Hoje são cerca de 300, disse ele.

O uísque Samuel Adams, a princípio, virá em pequena quantidade — cerca de 9.000 a 13.500 litros, embora mais safras possam sair. Weld disse que os uísques Samuel Adams terão gosto diferente uns dos outros, já que a Boston Lager é uma cerveja mais leve e deve salientar aromas doces e frutíferos no processo de destilação, enquanto a Cinder Bock é mais densa e defumada.

A Boston Beer opera, principalmente, no setor de cerveja artesanal, que representa uma pequena porcentagem da indústria cervejeira americana, embora a demanda pelo segmento tenha crescido bastante, apesar dos preços mais altos.

Observadores da indústria e destilarias afirmam que os consumidores, nos últimos anos, têm mostrado maior interesse em trocar a vodka, que alguns consideram insossa, por bebidas mais ricas em sabor, como uísque e rum. Essa tendência pode ajudar a ampliar a atratividade dos uísques Samuel Adams e outras bebidas dessa linha.

Analistas têm aplaudido a volta de bebidas envelhecidas em barris de carvalho, também conhecidas como “brown spirits” devido à sua cor amarronzada, à medida que empresas como a Brown-Forman Corp. lançam novos sabores como a versão Tennessee Honey do uísque americano Jack Daniel’s que fazem sucesso entre consumidores. O volume total de venda de uísque nos EUA cresceu 1,8% ano passado, segundo o Conselho de Bebidas Destiladas da América, superando o desempenho de rum, gin, brandy e conhaque.

Outras fabricantes de cerveja artesanal já entraram para a destilação. A Rogue Ales começou a fazer destilados em 2003. “Para nós, foi bem lógico”, disse Brett Joyce, diretor-superintendente da Rogue. “Achamos que não há motivo para que fazer cerveja artesanal seja diferente de fazer destilado artesanal.”

Joyce e outros do ramo dizem que os consumidores estão respondendo à natureza artesanal dos produtos que eles estão cultivando, geralmente com insumos comprados localmente que resultam em bebidas mais variadas do que as vendidas pelos fabricantes tradicionais.

Por JOHN KELL

Publicações relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *