Apple processa Motorola por quebra de patente do iPhone

Segundo companhia, violação ‘causou danos irreparáveis’.
Empresa de Jobs alega que fabricante usou seu software de tela sensível.

Apple alega que Motorola usou software para tela sensível indevidamente.

A Apple entrou com uma ação contra a rival Motorola, alegando que a fabricante do smartphone “Droid” infringiu três patentes do iPhone. Segundo a empresa de Steve Jobs, a Motorola estaria utilizando propositalmente seu software para tela sensível ao toque, entre outras tecnologias.

“As violações da Motorola causaram e continuarão causando danos irreparáveis a Apple, para os quais não há solução adequada legalmente, a menos que as atividades ilícitas sejam averiguadas”, afirmou a Apple em documento enviado na sexta-feira a um tribunal distrital dos Estados Unidos.

A Motorola, por sua vez, disse não ter analisado o documento, mas que pretende “prosseguir com os processos judiciais para impedir a contínua violação da Apple”.

“A Motorola possui um portfólio de propriedade intelectual líder de mercado, um dos mais fortes da indústria, e pretendemos nos defender vigorosamente quanto a essa questão”, afirmou a empresa em nota. A ação ocorre após a Motorola ter processado a Apple no início de outubro, acusando a empresa de Jobs de violar 18 patentes no iPhone, iPad, iPod touch e alguns modelos de computadores.

Fonte: G1

Publicações relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *