Ação contra pirataria de software removeu 35 mil links em 2013

thumb-512130259-pirata-resized

A Associação Brasileira de Empresas de Software (ABES) divulgou os resultados de suas ações anti-pirataria realizadas no decorrer de 2013. Similar, de certa forma, às “limpezas” feitas pelo Google, a iniciativa do setor de Monitoramento da Internet da organização encerrou o ano com 53.426 anúncios, links e sites removidos da web, todos dando “acesso a arquivos que violavam o Direito Autoral de Software dos associados da entidade”, segundo a ABES.

Desse total retirado do ar, 35.822 eram links, um aumento de mais de 10.000 em comparação com os resultados revelados pela associação em 2012. Em termos de anúncios, 17.468 foram apagados de sites de leilão – MercadoLive e derivados –, enquanto 76 websites inteiros tiveram que sair da internet por “conter ofertas ou downloads ilegais”.

Como funciona essa remoção? – Segundo um comunicado da ABES, a associação “notifica o próprio portal e os provedores de acesso” quando encontra algum conteúdo ilegal na página. O aviso vem como uma solicitação de remoção que, diz a organização, ainda mostra os problemas jurídicos que podem surgir caso a informação seja mantida no site.

Fonte: Info

Publicações relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *