Jovens da Fundação FEAC realizam Vivência Empresarial na Vilage

Pela segunda vez neste ano a Regional da Vilage Marcas e Patentes de Campinas participa como empresa parceira do Projeto TEC – Trabalho, Educação e Cidadania da Fundação FEAC, oferecendo sua estrutura e a dedicação de seus profissionais para a “Vivência Empresarial”, uma das etapas do programa. Esta fase do projeto tem como objetivo promover aos estudantes o contato direto com o mercado de trabalho e com as rotinas de uma empresa.

Entre os dias 5 e 11 de novembro de 2010, as alunas Ana Flavia Pecin e Jennifer Caroline Leme de Moura estiveram no escritório da Vilage por 3 horas diárias, participando da Vivência Empresarial. Durante os sete dias elas tiveram apoio e acompanhamento dos profissionais da Vilage, que dedicaram seu tempo e conhecimento, transmitindo um pouco da experiência de fazer parte de uma empresa.

Marcelo Brandão é Diretor da Vilage há 11 anos e sabe a importância de ingressar no mercado de trabalho e também reconhece as dificuldades. “Para elas é uma oportunidade única, pois conheceram um assunto totalmente diferente do seu dia a dia. Ficaram sabendo o que é uma marca, o que é uma patente, o direito autoral, e também como uma empresa como a nossa mantém a relação com seus clientes, como são feitos os controles, e o atendimento a eles. Também viram a importância do trabalho em equipe, em que cada um tem a sua responsabilidade e participação, para que seja alcançado um resultado comum a todos”. Conta o Diretor, que espera colaborar em outras fases do Projeto TEC e mantém as portas da Vilage abertas aos jovens que estão construindo suas carreiras e esperam ocupar um lugar no mercado.

Sobre o Projeto Trabalho, Educação e Cidadania

O projeto da FEAC atende cerca de 300 jovens entre 16 e 21 anos que residem na cidade de Campinas e cursam o ensino fundamental. São adolescentes que participam de duas etapas de aprendizado durante 3 meses: a primeira com encontros reflexivos e interativos através da FEAC e CIEE. A segunda é a vivência empresarial, promovida por meio das empresas parceiras que oferecem sua estrutura para os adolescentes terem contato com o trabalho e ter orientação profissional.

O programa de capacitação é gratuito e tem objetivo de promover a humanidade, assistência e bem estar social, priorizando a criança e o adolescente de baixa renda. A experiência de contato com uma empresa é um estímulo para o desenvolvimento da empregabilidade e da auto-estima dos jovens e os prepara para assumir novos cursos profissionalizantes.

Saiba mais sobre o projeto no site: http://www.feac.org.br/

Publicações relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *