Novos ônibus movidos a hidrogênio entram em circulação em São Paulo

Passageiros que utilizam transporte público entre as regiões de Santo André e Diadema, em São Paulo, têm contribuído diretamente para a redução da emissão de gases no meio ambiente. Isso porque entraram em circulação no Corredor São Mateus-Jabaquara (ABD) dois novos ônibus movidos a hidrogênio.

A tecnologia de propulsão utilizada é totalmente livre de emissões de poluentes. No lugar de dióxido de carbono e outras emissões dos carros comuns, somente vapor d’água é eliminado pelo escapamento dos ônibus.

Os dois veículos são decorados com pássaros representativos da fauna brasileira e recebem nomes de aves. Um deles é o Ararajuba, ave da região Amazônica que representará as regiões Norte e Nordeste, e outro o Sabiá Laranjeira, considerada por Decreto Presidencial como um dos quatro símbolos nacionais.

Desenvolvidos com tecnologia brasileira, os ônibus são resultado de um projeto financiado pela Financiadora de Estudos e Projeto (Finep) e pelo Fundo Global para o Meio Ambiente (GEF), numa parceria com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), o Ministério de Minas e Energia (MME), a Agência Brasileira de Cooperação (ABC) e a Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo (EMTU-SP).

Em junho de 2015, três ônibus foram entregues ao estado de São Paulo e ativados para teste. No começo do mês, dois deles foram integrados à frota dos ônibus intermunicipais gerenciada pela EMTU-SP. Os trabalhos começaram na Linha 287P Piraporinha a Santo André, em trajeto bastante demandado por usuários.

(Agência Gestão CT&I, com informações da Finep)

Fonte: Agência Gestão CT&I

Publicações relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *