Na Índia, McDonald’s terá restaurantes vegetarianos

05/09/2012 – Valor Econômico

Por Amy Kazmin | Financial Times

McDonald’s, a rede americana de lanchonetes, vai abrir seus primeiros pontos de venda exclusivamente vegetarianos em dois centros de peregrinação da Índia, como parte de seus esforços para crescer em um mercado onde as vacas são sagradas e comer carne vermelha é um tabu.

Os dois McDonald’s vegetarianos deverão abrir as portas no ano que vem na cidade de Amritsar, lar do Templo Dourado, o lugar mais sagrado para a religião Sikh da Índia, e na pequena cidade de Katra, ponto de partida para os hindus que visitam o santuário de Vaisho Devi (que fica em uma montanha), o segundo maior local de peregrinação do país.

A decisão do McDonald’s de abrir lojas totalmente vegetarianas em dois locais sagrados reflete as concessões que as redes de fast food estrangeiras estão fazendo aos gostos dos consumidores indianos, na medida em que tentam atender um mercado enorme e em crescimento acelerado, oferecendo refeições a preços acessíveis para os jovens e famílias de orçamentos limitados.

“Uma loja vegetariana faz total sentido em lugares com locais de peregrinação famosos”, diz Rajesh Kumar Maini, um porta-voz do McDonald’s na Índia.

A rede americana, cuja marca registrada é o hambúrguer de carne bovina, vem lutando para ganhar velocidade na Índia, onde muitos hindus reverenciam as vacas como divindades e não comem carne bovina, mesmo que não sejam vegetarianos rígidos. A primeira loja do McDonald’s na Índia foi aberta em 1996 e servia hambúrgueres de carne de carneiro, mas esta não era considerada macia o suficiente e a ideia acabou sendo abandonada.

Hoje, as ofertas de hambúrgueres incluem carne de frango, mas o McDonald’s também oferece uma variedade de refeições vegetarianas: o McVeggie (pequena torta de cenoura, ervilhas e batata), o McAloo Tikki (torta de purê de batata apimentado, frita no óleo) e o McSpicy Paneer (torta com o tradicional queijo indiano).

Apesar de uma presença de mais de uma década e meia na Índia, o McDonald’s possui hoje apenas 271 lojas no país. Mas Maini disse que a rede espera dobrar esse número nos próximos três anos.

As novas lojas totalmente vegetarianas de Amritsar e Katra começarão oferecendo os itens vegetarianos já disponíveis no país. A rede provavelmente vai desenvolver novos itens para ampliar a oferta. “Como vai se tratar de um restaurante exclusivamente vegetariano, teremos de pensar no lançamento de mais produtos”, afirmou Maini.

O McDonald’s não será a primeira rede de lanchonetes multinacional a retirar a carne do cardápio em algumas de suas lojas indianas. A rede americana Subway, que tem 280 pontos de venda na Índia, abriu nesta semana seu primeiro restaurante totalmente vegetariano no rico estado do Punjab, no campus de uma universidade privada, cujos proprietários são vegetarianos radicais.

A Domino’s Pizza, a maior rede fast food estrangeira na Índia, tem vários pontos de venda vegetarianos em alguns bairros de Mumbai e Gujarat, povoados principalmente por membros da religião Jain, cujos seguidores são vegetarianos radicais.

A Domino’s adaptou bastante seu cardápio aos gostos locais, oferecendo aos clientes opções apimentadas como a pizza keema do piazza (coberta com carne de carneiro moída e apimentada) e a pizza cinco-pimentas, inovações que ajudaram a transformar o país no terceiro mercado internacional da rede, perdendo apenas para o Reino Unido e o México. (Tradução de Mario Zamarian)

Publicações relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *