Inovação brasileira é tema de evento em Washington

Com o objetivo de promover a imagem do Brasil e apresentar números e informações sobre a realidade nacional sobre inovação, o secretário de Inovação do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), Francelino Grando, participou de um evento no final de fevereiro, em Washington, da National Academy of Science, principal instituição científica norte-americana. Em sua apresentação, Grando salientou o aumento dos investimentos brasileiros em pesquisa e desenvolvimento, que subiram de US$ 8,7 bilhões, em 2000, para US$ 24,4 bilhões, em 2008.

Além disto, o secretário mencionou avanços consideráveis do país como a expansão no número de artigos científicos, que passou de 10.501, em 2000, para 30.415, em 2008, o que representa um crescimento de 1,4% para 2,6% na proporção de publicações deste gênero do mundo inteiro. Outro dado apresentado foi sobre a quantidade de mestres e doutores, que saltou de 18.381, em 2000, para 36.014, em 2008, e de 5.344, em 2000, de 10.711, em 2008, respectivamente.
Francelino Grando ainda destacou o setor empresarial nacional, que hoje conta com a quarta maior companhia de energia do mundo, a Petrobras, a terceira maior montadora de aeronaves, a Embraer, o quinto maior mercado de computadores pessoais e está na quinta melhor posição para transferência de serviços de tecnologia da informação.
“Certamente, o objetivo foi alcançado, pois após a palestra diversas instituições governamentais e privadas demonstraram interesse em conhecer mais as oportunidades de cooperação no Brasil”, avaliou.

O secretário participou também de uma reunião no Departamento de Comércio dos Estados Unidos para identificar diversas áreas de cooperação sobre inovação para o MDIC-DoC, acordo que visa facilitar os negócios e promover as exportações em ambos os países. Por último, ele tratou da vinda de uma delegação norte-americana de especialistas para o Seminário Internacional de Inovação em Arranjos Produtivos Locais (APLs), previsto para este ano ainda.

Fonte: Portal de Desenvolvimento.

Publicações relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *