Apple registra marca ‘IWATCH’ no Brasil na categoria de joias e bijuterias

Estamos quase na metade do ano e aumentam os rumores sobre quais produtos a Apple vai anunciar no próximo semestre. Como já é de costume, a companhia não confirma nada oficialmente, mas vazamentos e informações dos supostos gadgets aparecem diariamente na internet. Um dos possíveis aparelhos que a empresa deve revelar até o final do ano é o comentado relógio inteligente iWatch.

Se a Maçã vai mesmo lançá-lo, ainda é um mistério. Fato é que a gigante de Cupertino está se antecipando na parte burocrática e iniciou há algum tempo o pedido de registro da marca em diversos países – incluindo o Brasil. Como informa o pessoal do Blog do iPhone, a Apple entrou com dois pedidos para a marca “IWATCH” (dessa forma, tudo junto) no Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI), órgão responsável pela regulamentação de registro de marcas e patentes no país.

Em outubro do ano passado, foi descoberto que a companhia já havia feito um pedido de registro, dessa vez do nome “I WATCH” (separado). Há também um outro registro aprovado chamado “I/WATCH“, de 2009, que pertence a Quest Software, empresa de gerenciamento de TI comprada pela Dell em 2012, mas a marca está enquadrada em “programas de computador de qualquer área gerencial ou não de uma empresa, bem como a consultoria dos serviços prestados“. Dessa forma, é provável que a Maçã não enfrente problemas para registrar seu suposto novo produto em território nacional.

O pedido feito pela Apple no ano passado ainda não foi aprovado pelo INPI e deve levar alguns anos para que isso aconteça (ou não). Algumas entidades são contra o pedido, como é o caso da Swatch S.A., representante da famosa marca Swatch de relógios no Brasil. Outra companhia é a Abraham Douer, que solicitou, em abril de 2013, um pedido com a mesma marca na categoria “relógio-celular”.

No entanto, o dado mais interessante é que o pedido de registro está sendo ampliado para outras categorias além de relógio e celular. De acordo com o MacRumors, a empresa entrou com o pedido para incluir o produto na área de “Joias” e “Bijuteria“. A nova classificação já aparece no site do INPI e descreve o registro como “Instrumentos cronométricos e horológicos; relógios de pulso; relógios de parede; relógios; cronógrafos para uso como relógios; cronômetros; correias de relógio de pulso, pulseiras de relógios de pulso; estojos para relógios de pulso, relógios e instrumentos cronométricos e horológicos; partes para relógios de pulso, relógios e instrumentos cronométricos e horológicos; joias/bijuteria“.

Os mesmos tópicos aparecem no pedido de registro feito pela Apple no Equador. Os documentos ainda citam as seguintes categorias: “produtos em metais precisos ou em plaqué; abotoaduras ou botões de punho; chaveiros; temporizadores; broches, alfinetes e prendedores de gravata, insígnias pulseiras e colares em metais preciosos ou plaqué“. Países como México, Noruega e Reino Unido também receberam o mesmo pedido.

Ainda é cedo para dizer o que a Apple pretende com todas essas categorias de registro de marca. Há quase duas semanas, o analista Ming-Chi Kuo, da KGI Research, divulgou um documento que mostra uma linha do tempo com os lançamentos da Maçã para este ano. Nesse mesmo documento, Kuo afirmou que o iWatch não será um produto voltado apenas para fãs de tecnologia, mas também para a indústria da moda e design. “Prevemos que a parte externa do relógio (carcaça e pulseira) virão em vários materiais. O modelo mais caro da linha iWatch provavelmente custará milhares de dólares e os principais concorrentes da Apple pelos próximos dez anos serão as marcas de moda e não as empresas de tecnologia”, disse.

Vale lembrar que, no último ano, a companhia contratou diversos profissionais do mundo da moda para ajudar no desenvolvimento do acessório. Entre eles Angela Ahrendts, a CEO da marca de roupas de luxo Burberry, Paul Deneve, chefe da casa de moda Yves Saint Laurent, e Ben Shaffer, diretor de design da Nike.

Fonte: Canaltech

Publicações relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *