Resolução RDC nº 61 – Controle de antibióticos

A Diretoria Colegiada da Agência Nacional de Vigilância Sanitária publicou no Diário Oficial no dia 22 de dezembro de 2010 a Resolução RDC nº 61 de 17 de dezembro de 2010. O texto altera o anexo da RDC nº 44 publicado em 26 de dezembro de 2010 que dispõe sobre o controle de medicamentos à base de substâncias classificadas como antimicrobianos (antibióticos) de uso sob prescrição médica e lista os antimicrobianos registrados na ANVISA.

A Resolução RDC nº 61  faz parte do controle de antibióticos instituido pela Anvisa a partir da publicação da RDC nº 44/2010 que estabeleceu em outubro de 2010 o controle obrigatório para todos os antimicrobianos de uso sob prescrição. Assim, as formas farmacêuticas comercializadas que possuem tarja vermelha e são de venda sob prescrição, deverão obrigatoriamente ser escrituradas no SNGPC, incluindo antimicrobianos de uso dermatológico, ginecológico, oftálmico e otorrinolaringológico.

Leia na íntegra a RESOLUÇÃO-RDC nº 61, DE 17 DE DEZEMBRO DE 2010

Departamento de Assuntos Regulatórios da Vilage Marcas e Patentes vai manter os clientes informados sobre como proceder até o prazo para iniciar a escrituração dos medicamentos e quanto as regularizações necessárias. A Vilage está sempre à disposição para atender seus clientes e esclarecer quaisquer dúvidas por meio do atendimento regionalizado: 0800 703 9009.

Publicações relacionadas

4 Comments

  1. SERGIO C MICHELIS

    BOAS E RAPIDEZ NA INFORMAÇÃO / PARABENS.//// Temos necessidade tambem de recebermos os nomes Comerciais dos medicamentos que levam a composição quimica que estao na RDC 61 de 2010. Ai sim td tornar-se-a mais completo e agil. Att. SERGIO DENTRO DO POSSIVEL aguardamos uma resposta via e mail .

  2. karen suzy

    Uma duvida certa…outro dia chegou em meu balcão o receituário, de azitromicina de 600mg, eu não tinha generica só a Astro, e dispensei. Posso substituir por qualquer marca comercial? Não é necessario vir escrito ASTRO na receita pra eu poder dispachar um remedio?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *